Mahou Tias #025 – A Justiça Da Justiça

Mahou Tias (Logo Novo)

Por volta da hora do almoço, os jornais começaram a divulgar o motivo da morte do comandante. Segundo os legistas do IML, o nervosismo durante a coletiva, causou um derrame fatal.

Tatiane, diferente de todos os outros na casa dos pais de Pamela, estava preocupada. Durante a coletiva de impressa, ela ficou prestando atenção nos líquidos dos corpos dos policiais, e o comandante não dava indícios de que estava prestes a ter um derrame. O derrame ocorreu apenas no momento em que o homem escutou as palavras da repórter.

Leidiane, questionou, se isso era verdade, então, ele morreu por que descobriu que na casa dos pais de Pamela, estavam as Supermulheres.

A relativa tranquilidade de todos na casa, desapareceu, deixando uma sensação de tristeza.

A mãe de Pamela, sem conseguir aguentar a situação, foi para o andar de cima rezar. Estela preocupada com a saúde da mulher a seguiu.

Apesar de o pai de Pamela achar que aquelas frutas eram amaldiçoadas, ele ficou quieto, pois todos os outros estavam empenhados em formas de falar com Laura.

Apesar de não gostar de fazer isso, Leidiane pensou em usar seu status de estilista recém bem-sucedida, para tentar comprar ou facilitar a saída dela dali.

Tudo o que eles precisavam era de uma pessoa fora do cerco, alguém que pudesse chegar até Laura e pedir para ela falar com os animais em busca de respostas.

Stefani que estava encostada na pia, tomando um copo de água, tomou um susto arremessando o copo para o alto, quando viu entrar, uma ratazana de cerca de 30 centímetros, pela porta dos fundos.

Leidiane, Jessica e Tatiane, se transformaram, procurando algo que não sabiam o que era.

Leidiane foi a primeira a perceber o rato e se destransformou, mandando Jessica e Tatiane fazerem o mesmo.

Depois de uma rápida olhada pelas janelas, perceberam que ninguém do lado de fora havia notado o grito de Stefani.

Pamela subiu para explicar para Estela e a mãe o que tinha sido o grito. Leidiane pediu para não fazerem mal ao rato, enquanto tirava um tinteiro e um bloco de anotações, de uma bolça que Augusto tinha pego com Laura antes de ir para lá.

Leidiane colocou o tinteiro sobre duas folhas que tinha arrancado do bloco e se afastou.

A ratazana subiu nas folhas e enfiou a calda dentro do tinteiro. Em seguida, o animal desenhou três palavras no papel “morreu mecanismo defesa”.

Leidiane arrancou outra folha, só que nesta ela escreveu: “Ele morreu por que descobriu quem eram as Supermulheres?”. Em seguida dobrou o papel e colocou no chão, mas o rato não fez nada.

Ela pediu um pedaço de pão ou queijo, para dar para o animal, que depois que comeu, mordeu o papel dobrado, e saiu pela porta dos fundos desaparecendo na mata.

Stefani, o pai, Augusto e o pai de Pamela ficaram olhando atônitos. Leidiane explicou que Laura tinha treinado alguns ratos para desenharem coisas que viam.

Cerca de meia hora depois o rato voltou com outro papel na boca, que trazia escrito: “Ele sabia exatamente quem era cada uma.”.

Aquela resposta, trouxe consigo várias outras perguntas. Augusto, indagou que Pamela e ele não sabiam que Leidiane era a mulher de Vermelho, e nem que Tatiane era a de azul, situação que também se aplicava aos pais de Stefani.

Stefani levantou a possibilidade de isso ser por que eles já sabiam sobre Jessica e ela mesma.

A hipótese de Stefani fazia bastante sentido, mas mesmo assim, todos decidiram agir com cautela.

Estela desceu do segundo andar apavorada, pois a mãe de Pamela estava passando mal. Jessica e Tatiane subiram as escadas, enquanto Augusto, Otavio e o pai de Pamela correram para fora para pedir a ajuda da polícia.

Stefani e Leidiane se juntaram a Jessica, Tatiane, Estela e Pamela, que traziam a mulher para baixo.

Do lado de fora da casa, os policiais não queriam deixar ninguém sair do cerco e nem mandar socorristas para avaliar a mulher.

As mulheres deitaram a mãe de Pamela no chão, na frente dos policiais. A mulher estava com falta de ar e dor no peito.

Dois homens de uma viatura de resgate se aproximara, para ver o que se passava com a mulher. Eles suspeitaram que ela estava com um princípio de infarto.

Um dos socorristas voltou até a viatura da SAMU e pegou uma injeção para aplicar nesse tipo de situação.

O motorista da ambulância, levou o carro para perto da mãe de Pamela, mas o policial que parecia estar no comando apontou a arma para o motorista e o mandou parar.

Os dois começaram a bater boca:

– Ninguém vai sair daqui! – Gritou o policial.

– A mulher precisa de um hospital! – Retrucou o motorista.

– Só quando a gente encontrar aquelas vadias! – Voltou a gritar o policial.

– Elas já tão longe! Acorda! – Rebateu mais uma vez o motorista da SAMU.

Enquanto os dois continuavam batendo boca, a mãe de Pamela foi colocada no resgate, mas nem Pamela e nem o pai subiram. Pamela foi até Jessica e falou no ouvido dela:

– Você é medica… Cuida da minha mãe e sai daqui.

– Não, eu vou ficar… É a sua mãe. Se puder fala com a Laura. – Respondeu Jessica também no ouvido de Pamela.

Pamela subiu na viatura que arrancou rapidamente. O policial que estava batendo boca com o motorista, começou a atirar na direção da viatura, porem, ele foi atingido na mão por um tiro, largando a arma.

O policial que as Supermulheres conheceram no galpão da FreshCola, se aproximou com a arma apontada para o policial em que tinha atirado:

– Eu estou assumindo o controle da operação! E você esta preso por abuso de poder, omissão de socorro e por colocar inocentes em risco, com disparo de arma de fogo! Alguém tem alguma objeção?!

Alguns policiais que eram a favor das medidas do policial baleado na mão, levantaram as armas na direção do novo comandante. Porem outros soldados que achavam o cerco exagerado, se juntaram aos soldados que haviam acabado de chegar, cercando os policiais rebeldes, os obrigando a largar as armas.

Um por um os policiais que haviam sido desarmados, foram retirados do local, e o novo comandante começou a organizar as coisas.

Continua…


contato@tresquartoscego.com

https://twitter.com/danilosferrari

https://twitter.com/tresquartoscego

https://www.facebook.com/tresquartoscego

Commentários do Facebook

Comentários