Mahou Tias #038 – Mais Um Bizarro Treinamento

Mahou Tias (Logo sob fundo verde)

Stefani ficou boque aberta, e exclamou:

– Mas porquê? Por que você fez isso?

– O que aqueles policiais fizeram com a minha mãe… Como eu posso esperar justiça de gente como eles! – Falou Pamela exaltada.

– Nem todos os policiais são daquela forma. Olha o Mario, o Vagner e o Tiago. – Falou Estela.

– Sim, eu sei. Então eu vou ajudar os que merecem. – Falou Pamela.

Pamela contou que realmente tinha ido para a chácara para ajudar Leidiane com as roupas, mas que conversando, ela resolveu comer a quinta fruta e passar o resto da semana treinando.

Depois de conversarem, todos foram se acomodando para dormir. Stefani e Viviane dividiriam um quarto, enquanto Ricardo ficaria sozinho. Estela e Otavio ficaram em um quarto sozinhos.

Viviane quis dormir em um colchão no chão, e Stefani acabou ficando com a cama.

Quando ambas já estavam deitadas, Viviane perguntou para Stefani se esta estava dormindo. Stefani respondeu que não, e Viviane falou entre risadinhas:

– Sabe que eu até tava pensando em comer a tal fruta. Eu não queria lutar, mas talvez os poderes dessa frutar pudessem ser divertidos… Se é que você me entende.

– Eu nem quero imagina o que você faria com esse poder… – Falou Stefani.

Stefani estava tendo dificuldades para dormir. A respiração de Viviane estava muito forte, e Stefani ficou incomodada ao imaginar a amiga se masturbando num colchão ao lado dela.

Stefani arremessou um travesseiro em Viviane e exclamou:

– Caramba! Não da para fazer isso mais discretamente?!

– Ai credo Stefani! Deixa eu me consola aqui. – Respondeu Viviane com voz manhosa.

– Caramba mas você ta no mesmo quarto que eu! – Voltou a exclamar Stefani.

– Vai dormir com o Ricardo. Assim você mata dois coelhos com um tiro só. – Sugeriu Viviane.

– Dois coelhos? – Questionou Stefani.

– É, você me deixa em paz, e ele tira esse seu mal humor. – Falou Viviane brava.

Stefani não soube como responder, então virou para o lado e foi se concentrando para dormir, enquanto escutava Viviane voltar a suspirar.

Durante o café da manha, Viviane estava sorridente e animada, enquanto Stefani estava com olheiras e cansada.

Ricardo ficou se perguntando o porquê daquilo, mas preferiu não externar essa dúvida.

Mario, se juntou a Otavio e Ricardo para organizar os documentos.

Estela, que aparentava estar melhor, foi ajudar Leidiane.

Laura, Pamela, Stefani, Viviane e Fake, foram para perto da mina abandonada. Chegando lá, Laura falou:

– Pamela, você vai continuar de onde parou ontem. Viviane eu quero que você e Fake, conversem bastante. Stefani, comesse a cheirar isso.

Laura entregou um vidro da pimenta em pó para Stefani, que falou:

– A é… Eu não pude fazer essa parte do treino, por causa do meu nariz.

Laura explicou que deixou isso de lado, pois achou que como Stefani tinha aprendido a controlar os poderes, fortes espasmos musculares, não seriam mais problema.

Stefani deu uma leve cheirada na pimenta, e deu dois espirros seguidos, porem nada aconteceu.

Viviane que estava procurando um bom lugar para levar Fake, falou rindo:

– Stefani, só toma cuidado pra não espirra e peida. Faíscas e gazes não são uma mistura segura.

– Isso pode acontece!? – Perguntou Stefani.

Laura fez cara de brava e encarou Viviane dizendo:

– Agora você me atrapalhou! Eu não queria que ela pensasse nisso.

Viviane ficou sem graça e saiu correndo, e chamou Fake, que a seguiu.

Stefani deu uma fungada maior na pimenta, e espirrou cinco vezes seguidas. Apenas no quinto espirro que foi possível notar faíscas saindo de seu corpo.

Quanto mais Stefani espirrava, mais claro ficava para Laura, que espasmos fortes e seguidos tiravam a concentração da garota.

Na decima vez que Stefani cheirou a pimenta, ela já disparava faíscas involuntárias no primeiro espirro.

Laura pediu para Stefani parar um tempo e descansar, e aproveitar para lavar o nariz com água.

Stefani estava com dor de cabeça, e se deitou sobre a grama para descansar.

Laura foi até Pamela, que estava ajoelhada no chão extremamente cansada.

Stefani quis saber porque Pamela se cansava tão rápido. Laura explicou:

– Muito provavelmente porque ela está manipulando seres vivos. Diferente de água, ar, fogo e eletricidade, as plantas são vivas, e manipula-las, faze-las crescer ou afins, exige mais energia vital.

Stefani ficou calada, pensativa, e acabou cochilando. Ela foi acordada por Laura, instantes depois.

Laura disse que Stefani devia prestar atenção, no que acontecia com o corpo dela, quando ela perdia o controle do poder elétrico, e tentar controlar.

Stefani voltou a cheirar a pimenta, prestando mais atenção.

Ela reparou que a eletricidade em seu corpo ia aumentando a cada contração de seus músculos, e que em certo ponto, os músculos pareciam não comportar mais a eletricidade.

Stefani contou isso a Laura, que começou a cogitar a possibilidade de Stefani ter que fortalecer seus músculos, ou seja frequentar uma academia.

Após o jantar Otavio anunciou que a catalogação das provas estava pronta, e que começariam a manda-las para o servidor no dia seguinte.

Apesar de não parecer, as coisas estavam se mexendo, e o dia seguinte poderia marcar o país para sempre.

Continua…


Pesquisa de Público:
http://goo.gl/forms/6o70pS9aM8

contato@tresquartoscego.com

https://www.facebook.com/tresquartoscego

http://www.mahoutias.com.br

Commentários do Facebook

Comentários