Mahou Tias #112 – Improviso Ao Socorro

Logo Roza Azulado

Os primeiros cidadãos, correram na direção de Adubo, que havia sido baleada, julgando que ela estaria em condições ruins.

A mulher estava viva, mas com a voz fraca sentindo muitas dores nas costas.

As pessoas conversavam com ela, tentando mantê-la acordada. Ela dizia que sentia as pernas e os braços, além de fortes dores nas costas.

Um outro grupo correu para Wind, que aparentava várias fraturas no rosto e até na cabeça.

As pessoas a acordaram, e a ajeitaram melhor no chão para que pudesse descansar.

O terceiro grupo correu até Jat, que por causa dos destroços, havia sofrido vários cortes no corpo.

Uma família se dirigiu até Faísca. Uma mulher começou a lhe dar tapinhas no rosto para acorda-la.

A garota abriu os olhos tonta, perguntando o que estava havendo.

O homem, marido da mulher que acordara a garota explicou que Ganu havia derrubado o helicóptero, mas tinha fugido muito ferido.

Faísca que sangrava pelo nariz e pela gengiva, tentou se levantar, mas a tontura a fez cair sentada.

A filha do casal, que aparentava uns nove anos, tirou um lenço da bolsa cor de rosa, e deu para Faísca limpar o sangue do rosto.

Mais helicópteros da polícia começaram a se aproximar e pausar na pista vazia da Avenida Do Destino. Eram mais três aeronaves.

Médicos começaram a sair dos helicópteros, indo até as Mahou Tias.

Enquanto as quatro eram atendidas, duas viaturas dos bombeiros chegaram, esticando suas mangueiras, para dar fim as persistentes chamas que consumiam o helicóptero caído.

Umas vinte viaturas da polícia também se juntaram a Avenida Do Destino.

Vitório correu passando pelas quatro mulheres magicas, conversando com os médicos para saber sobre as condições de cada uma.

Nenhum hospital queria receber as Mahou Tias, todos temiam represálias de Ganu.

Vitório negociou com Mario, se a casa dele teria condições de receber as quatro.

Mario demonstrou preocupação com a situação de Adubo, que das quatro era a que estava pior.

Um médico que estava junto, disse que a bala não havia penetrado tão fundo, e que se a casa fosse limpa, mais a resistência superior da mulher, poderiam remove-la na casa.

Mario conversou com todos que estavam em sua casa, que não titubearam, e começaram a fazer os preparativos para receber as mulheres.

Ricardo e o pai começaram a encher dois colchões de ar que Mario e Leidiane tinham.

Debora, a mãe de Ricardo e Estela, começaram a limpar o quarto do casal, para que Adubo fosse operada ali.

Otavio, o pai de Viviane, Mario, Vagner e Tiago, começaram a tirar moveis do caminho, para facilitar a passagem das macas.

Astolfo e Cleide, ficaram rezando sem saberem exatamente pelo que.

Viviane estava parada na calçada, olhando para o céu. Desde a fuga de Ganu, ela havia começado a sentir um arrepio correndo o corpo.

Além do que, ela tinha certeza de que o céu estava escurecendo lentamente.

Quatro viaturas da SAMU, saíram da Avenida Do Destino com as Mahou Tias.

Os helicópteros das emissoras de TV, foram obrigados a ficar onde estavam.

A polícia divulgou para a imprensa, que estava levando as quatro para um lugar escondido.

Nenhum dos carros de resgate estava com as sirenes ligadas, para que passassem o mais desapercebido possível pela cidade.

Ao chegarem na casa de Leid, Adubo foi a primeira a ser retirada da viatura.

E seguida saíram Jat e Wind, com Faísca por último.

Adubo foi levada para o quarto do casal. Jat para o quarto de hospedes. Wind e Faísca, foram colocadas nos colchões de ar na sala.

Estela e Otavio, se sentaram ao lado de Faísca, eles não paravam de perguntar se a filha estava bem.

A garota estava bem melhor, a tontura havia passado, e a cabeça doía menos.

Ela até ficou de pé sem problemas, mas seus pais a fizeram deitar novamente.

O céu não parava de escurecer, enquanto Viviane o observava, com o coração apertado.

Depois de alguns minutos, o céu parecia pintado de preto, o dia havia virado noite, só que sem as estrelas.

Mais alguns minutos se passaram, e gotas fortes começaram a cair do céu, até que se transformaram em uma grande chuva.

Continua…


YouTube:
https://www.youtube.com/channel/UCDs5OHjNzeEDA356Bo4Lkyw

Apoie no Padrim:
http://www.padrim.com.br/tresquartoscego

Pesquisa de Público:
http://goo.gl/forms/6o70pS9aM8

contato@tresquartoscego.com

https://twitter.com/danilosferrari

https://twitter.com/tresquartoscego

https://www.facebook.com/tresquartoscego

https://www.instagram.com/tresquartoscego

http://www.mahoutias.com.br

Parceiros:
http://www.animesphere.com.br/

Commentários do Facebook

Comentários