Contos – O Macho Alfa

Contos - Três Quartos Cego Capa

A ave já não se importava mais com o sacolejar da égua. Havia sido incomodo no começo, mas o passar do tempo, tornou a sensação agradável.

Voar era doloroso, pois sua asa esquerda doía. Mas ela tinha que fazer isso as vezes, para ajudar a companheira.

A faixa de terra continuava, sem dar indícios de seu fim. No entanto elas seguiam.

Ambas tinham a consciência de que a outra também era fêmea, o que de alguma forma, criava um elo ainda maior entre as duas.

Um dia, elas chegaram em uma cidade humana, onde mais humanos tentavam captura-las. Mas a essa altura as duas já haviam se tornado experientes em fugir.

Revoltados com os ferimentos que haviam sofrido, os humanos começaram a persegui-las.

A égua deu seu melhor, cavalgando velozmente, e saindo da cidade.

Um dos humanos atirou uma flecha, que errou a ave por pouco.

A égua começou a correr sem seguir uma linha reta, ela sabia que aquilo as ajudaria.

Um barulho começou a vir ao longe da estrada de terra, e o achando familiar, a égua correu até ele.

A ave levantou voo, e pode ver, que uma tropa de cavalos se aproximava velozmente.

O grupo era liderado por um vistoso cavalo branco, além de ser composto por cavalos das mais variadas cores e raças.

A ave viu o líder da tropa, saltar por cima da companheira, correr na direção dos humanos e começar a ataca-los.

A égua parou e ficou encarando encantada, enquanto o cavalo branco, escoiceava, girava nas patas frontais, voltava a escoicear, girava nas patas traseiras e mordia.

O animal era muito rápido, derrubando os humanos um a um. E após derruba-los, os pisoteava.

A tropa alcançou seu líder, e também começaram a pisotear os humanos.

A tropa adentrou a cidade. A égua sentiu um sentimento novo dentro de si. Ela queria agradecer, e saiu em disparada atrás da tropa.

A ave não compreendeu, já que assim as duas estariam se afastando do fim da estrada. Mas mesmo assim, voltou a pousar na cabeça da égua.

Na cidade, as pessoas estavam assustadas, pois os cavalos da tropa, quebravam tudo e todos, no caminho.

A égua se misturou a tropa, e foi voltando pelo caminho por onde tinha vindo.

Quando a tropa saiu da cidade, a égua estava emparelhando com o líder.

O animal olhou para traz, e a viu. Ele acelerou, e ela também.

Ela tentou emitir alguns sons, mas o barulho dos cascos colidindo com a terra, dificultava.

A égua pensou no quanto queria agradecer ao cavalo, que assustado parou.

Ele se virou para ela a encarando. De alguma forma, a fêmea sabia que sua intenção havia chegado até ele.

Então ela percebeu o sentimento de curiosidade dele. Ele deixava claro que não era normal alguém ter aquela ligação com ele.

Ela expos que também tinha a mesma sensação, e que só tinha esse sentimento em relação a ave.

O macho alfa, começou a rodear a égua, como se a estuda-se.

O resto da tropa, ficou observando, sem interferir.

O líder fez ela entender que ela poderia se juntar ao grupo.

A fêmea, expos que estava procurando o fim da estrada de terra, e que o macho e sua tropa estavam indo na direção errada.

O macho alfa achou divertido, e expos que o final era para o outro lado.


Compre na GearBest através deste link e ajude o site:
https://www.gearbest.com/?lkid=11151656

YouTube Tres Quartos Cego:
https://www.youtube.com/channel/UCDs5OHjNzeEDA356Bo4Lkyw

YouTube – Tres Quartos Cego Diversão e Games:
https://www.youtube.com/channel/UCjYqyqZIqrHjonDXQbtjU5w

Apoie no Padrim:
http://www.padrim.com.br/tresquartoscego

Pesquisa de Público:
http://goo.gl/forms/6o70pS9aM8

contato@tresquartoscego.com

https://twitter.com/danilosferrari

https://twitter.com/tresquartoscego

https://www.facebook.com/tresquartoscego

https://www.instagram.com/tresquartoscego

http://www.mahoutias.com.br

Parceiros:
http://www.animesphere.com.br/

Commentários do Facebook

Comentários