Contos – A Proposta De Afrodite

Anuncio

Contos - Três Quartos Cego Capa

Sohac não fez questão de se recompor, ficou deitado no chão digerindo a descoberta.

Ele não entendia, como a deusa do amor podia ser promiscua. Eram duas coisas completamente opostas.

Uma hora depois, ele se levantou, invadiu a casa da deusa a procurando. Por fim a encontrou no banho sendo auxiliada por uma das ninfas:

– Você é a deusa do amor! Promiscuidade é o oposto disso! – Exclamou o homem.

– Que patético… A definição de amor muda de pessoa para pessoa. E o tempo também pode mudar essa definição. – Respondeu a deusa desdenhosa.

– Amor é pra eternidade! E só pode existir entre duas pessoas! – Disparou Sohac.

– Outras culturas tem famílias poligâmicas. E o amor pode acabar. Se decepcione com alguém para ver o estrago que isso faz. – Respondeu Afrodite mantendo o desdém.

– Os humanos pedem a você quando estão apaixonados, e você parece não ligar. Você está enganando a todos! – Disse o homem extremamente indignado.

Afrodite riu, se ajeitou na banheira, respondendo:

– Só aqueles que ainda não virão a verdade, esperam que eu de o amor eterno. Me fartei disso. Sexo é amor, prazer é amor. Trate de aceitar. – Disse a deusa extremamente desdenhosa.

O homem saiu correndo para fora da casa, foi até sua barraca, tentando se acalmar.

Ele tinha raiva dos deuses, por permitirem, ou fazerem nascer pessoas como ele.

Depois que descobriu que a deusa do amor não sabia por que pessoas nasciam com defeito, julgou os deuses patéticos.

Mas saber que os deuses enganavam os humanos, distorcendo as denominações pelas quais eram conhecidos, deixou revoltado!

A noite Afrodite procurou Sohac, e ao encontra-lo disse:

– Desculpe se te decepcionei. Entenda meu caro, que o amor eterno é pra poucos, e nem eu tenho como influenciar.

– Eu sempre esperei encontrar uma companheira que me aceitasse mesmo com minha imperfeição. – Disse o homem deprimido.

– Te escolhi como escravo, porque vi algo em você. Acredite eu te aceitei apesar de seu defeito. – Respondeu a deusa calma.

– Uma mulher com quem eu pudesse ter uma vida calma, filhos. – Disse Sohac, com a voz rouca.

– Eu tive um filho de um humano, ele morreu em uma guerra. Quer filhos, eu lhe dou. Só não prometo uma vida pacata, em nem fidelidade eterna. – Propôs a deusa.

– Como é! – Exclamou o homem incrédulo.

– As ninfas desejam você, e eu também. Quer uma mulher serei sua mulher, e acredite, é o mais próximo que você vai chegar de seu sonho. Acredite, muitos matariam para se deitar comigo. Estou te garantindo até filhos. Se você for um bom homem, com o tempo, até posso te mostrar como se tornar imortal, assim como nós. Pense, e me de sua resposta amanhã em meu lago particular.

A deusa se retirou deixando Sohac na barraca.

Ele ficou perdido em pensamentos.

Ter Afrodite como uma espécie de companheira, seria o sonho de muitos, e realmente poderia ser o mais longe que chegaria.

Por outro lado, estaria abrindo mão de seu sonho, e isso o machucava.

Ele começou a caminhar no Olimpo, até que se perdeu, se vendo em uma plantação onde nunca antes tinha ido.

Então em suas costas um forte brilho apareceu, como se o sol tivesse nascido atrás dele.

Quando olhou, viu colado nele, um homem loiro, de vestes e asas brancas aparecendo:

– Quem é você? – Questionou Sohac.


Compre na GearBest através deste link e ajude o site:
https://www.gearbest.com/?lkid=11151656

YouTube Tres Quartos Cego:
https://www.youtube.com/channel/UCDs5OHjNzeEDA356Bo4Lkyw

YouTube – Tres Quartos Cego Diversão e Games:
https://www.youtube.com/channel/UCjYqyqZIqrHjonDXQbtjU5w

Twitch(/strong)
https://www.twitch.tv/tresquartoscego

Apoie no Padrim:
http://www.padrim.com.br/tresquartoscego

Pesquisa de Público:
http://goo.gl/forms/6o70pS9aM8

contato@tresquartoscego.com

https://twitter.com/danilosferrari

https://twitter.com/tresquartoscego

https://www.facebook.com/tresquartoscego

https://www.instagram.com/danilosferrari/

http://www.mahoutias.com.br

Parceiros:
http://www.animesphere.com.br/

Commentários do Facebook

Comentários

Deixe uma resposta