GlaucOma #03 – Um Alguém Inesperado

Anuncio

Glauc na linha superior Oma na linha iferior. Texto Alinhado a esquerda, em azul, com contornos azul escuro, sobre fundo azul, não tão claro, com um par de olhos na divisa das linhas, alinhados a direita.

Glauco acordou cedo, naquela segunda, não por responsabilidade, mas sim por ansiedade.

Uma nova escola significava, novas pessoas, novos amigos, novos inimigos, novo bullying… Novos professores, então, teriam que explicar para eles tudo outra vez, suas dificuldades, e como faziam para supera-las, ou pelo menos tentar. Mas isso também significava problemas, afinal, os professores poderiam não estar dispostos a trabalhar com Oma e ele, da maneira mais adequada, ou da que precisavam.

Glauco e a irmã, deram a sorte de caírem na mesma sala. O rapaz não sabia dizer o motivo que havia levado a escola a tomar essa decisão.

Oma por sua vez, imaginava, que era para poupar esforços, já que com o que seja lá que fosse preciso fazer para um, serviria para os dois.

Glauco lavou o rosto, se vestiu, e desceu para o café da manhã, com a cara amarrada. O pai percebeu, a situação do filho, o cumprimentou, e lhe dando um tapinha nas costas, disse que daria tudo certo.

O rapaz duvidava um pouco disso, mas agora, era enfrentar o bicho de sete cabeças, e matar as que fossem possíveis.

Oma desceu as escadas cintilante, animada, e provavelmente com um sorriso no rosto.

Glauco não sabia dizer se era uma particularidade das garotas, mas a irmã, costumava ter menos problemas com outras garotas, do que ele com outros garotos.

Não era que a irmã não passasse por dificuldades, mas o número de garotas que atacavam Oma, era menor, que o de garotos que o atacavam.

Talvez fosse exagero de Glauco, mas a irmã, parecia estar tão ansiosa, que ele jurava ouvir o coração da garota batendo, em certos momentos. Contudo, ele sabia que não era o Demolidor.

Gilmar, fez questão de neste primeiro dia, deixar os filhos na escola.

Então, assim foram os três, rumo a Escola Estadual Padre Roberto Landell de Moura.

Haviam várias particularidades sobre esta escola, que a tornavam interessante. Uma delas era seu endereço, Rua do Upload, número, 777, no bairro, Baixada do Host. Tudo ligado a hospedagem de sites.

Outra curiosidade, era o patrono da escola, que foi o padre brasileiro, que inventou o rádio. O curioso aqui, é que as vezes religiosidade e ciência tem tantos atritos, que imaginar um padre cientista já é algo surpreendente.

A escola, era recente, Glauco e a irmã não sabiam dizer com precisão, mas ela tinha no máximo, quatro anos de existência.

O uniforme era uma mistura de vermelho e branco. A bermuda era toda vermelha, com frisos brancos nas laterais. Já a camisa, era branca com frisos vermelhos.

O logo da escola, era uma antena, o que fazia os estudantes da Landell de Moura, terem apelidos como: anteninha, FM, surfista de rádio, ondinha.

Glauco não estava animado por entrar em uma escola, onde os alunos já eram zoados, só por estudarem lá.

Oma por sua vez, parecia não estar preocupada com isso, pelo menos, não tanto quanto o irmão.

Assim que desceram do carro, os jovens se despediram do pai, tiraram as bengalas da mochila, soltaram a parte do elástico, que as mantinha fechada, e as deixaram se abrir, em um movimento sincronizado, porém não intencional.

Os jovens não perceberam, mas imaginaram que isso podia acontecer, o som de duas bengalas se desdobrando e se montando, fez com que todos que estivessem do lado de fora da escola olhassem para eles. Eles ouviram, uma voz masculina dizendo:

– Caramba! Ninjas!

Ótimo! Virei o ninja da bengala! Pensou o rapaz, enquanto a irmã ria.

Sem perguntar, os dois adentraram os muros da escola, e seguindo o fluxo, acabaram chegando ao pátio.

Lá, colados nas paredes, haviam cartazes com os nomes dos alunos e suas respectivas salas.

Contudo, os irmãos, já sabiam em que sala haviam caído. A diretoria havia ligado para avisar.

Sem saber, como chegar a 9º B, resolveram procurar a direção da escola.

Enquanto, eles tentavam passar pela multidão para sair do pátio, uma pessoa se colocou no caminho deles, evitando ser atingida pelas bengalas perguntando:

– Vocês precisam de Ajuda?

Glauco olhou bem, dedicando cada neurônio e capacidade visual, para identificar a pessoa. Era uma garota, morena, gordinha, com seios avantajados para a idade, mais baixa que ele, com cabelos marrons, ela trajava o uniforme de aluna.

Enquanto Glauco ficou analisando a jovem, Oma, foi falando:

– Oi, eu sou Oma, e esse é meu irmão Glauco. A gente ta procurando a direção ou o 9º B.

Os irmãos colocaram as bengalas na vertical, junto ao corpo, e a garota se aproximou mais, tornando possível perceber que ela usava alguns colares coloridos no pescoço:

– Ah! É a minha sala. Vamos estudar juntos. Me chamo Renata. – Disse a garota, estendendo a mão para Oma, que demorou para perceber e responder ao cumprimento.

Após cumprimentar Glauco, Renata disse que iria ver com a coordenadora, se já poderia subir para a sala com eles.

Os dois ficaram parados, passando desapercebido pela multidão.

Uns dois minutos depois, Renata retornou, se colocou entre os irmãos, e disse:

– Vamos pra sala.

Ela deu uma leve cotovelada no braço de cada um dos irmãos, para que eles segurassem seu cotovelo:

– Nossa! Você parece saber lhe dar com deficientes visuais. – Constatou Oma.

– Meu grupo de Espiritualistas, já fez alguns trabalhos voluntários com deficientes da cidade.

Glauco e a irmã, já haviam ouvido falar nos Espiritualistas, mas nunca haviam conhecido nenhum. Tudo que sabiam, é que era uma religião, que tinha forte ligação com os espíritos.

Assim, que chegaram na sala de aula, que ficava no meio do corredor, no primeiro andar, os três escolheram as três carteiras da frente e do meio, deixando duas mais próximas da porta, e uma próxima a janela, vagas.

Os irmãos dobraram as bengalas, e as prenderam e seus elásticos as guardando,

Quando sentaram, o sinal tocou, e puderam ouvir os alunos subindo para suas salas.

Compre na GearBest através deste link e ajude o site:
https://www.gearbest.com/?lkid=11151656

YouTube Tres Quartos Cego:
https://www.youtube.com/channel/UCDs5OHjNzeEDA356Bo4Lkyw

YouTube – Tres Quartos Cego Diversão e Games:
https://www.youtube.com/channel/UCjYqyqZIqrHjonDXQbtjU5w

Twitch(/strong)
https://www.twitch.tv/tresquartoscego

Apoie no Padrim:
http://www.padrim.com.br/tresquartoscego

Pesquisa de Público:
http://goo.gl/forms/6o70pS9aM8

contato@tresquartoscego.com

https://twitter.com/danilosferrari

https://twitter.com/tresquartoscego

https://www.facebook.com/tresquartoscego

https://www.instagram.com/danilosferrari/

http://www.mahoutias.com.br

Parceiros:
http://www.animesphere.com.br/

Commentários do Facebook

Comentários

Deixe uma resposta